sábado, 1 de abril de 2017

Falando de amor, no dia 1º de Abril





Vou te contar uma Estória! Uma Estória sobre o AMOR.
Há quem não acredite no amor. De fato não sei se o florescer deste sentimento possa ser classificado como sorte ou azar!
Mas essas pessoas também não estão livres do seu toque.. quando acontece dá pra saber, de imediato pois sente-se algo quente, tocar a alma.
Não. Não são borboletas no estômago, o estômago e muito superficial.. eh algo como te tocar e te levar a um plano superior na forma espiritual onde não exista ele, ou ela. Mas dois espíritos que se abraçam. Amar eh como morrer... Em que você sai do corpo e vive uma experiência transcendental. Amar vicia e eh perigoso.
Não escolhemos a pessoa que iremos amar .. e nessa condição impotente que ficamos expostos e frágeis pois corremos um grande risco desse amor ser de mão única.. o que na maioria das vezes acontece.
Quando se está com a pessoa amada eh possível sentir que se passaram 6 anos quando se passaram 6 meses tamanha a intensidade e a profundidade que o toque do ser amado eh capaz de  e alcançar, E uma felicidade indescritível que faz sentir se absolutamente vivo, com os batimentos pulsantes, as pupilas dilatadas, uma dança das almas num plano sublime fazendo com que o tempo pare para que você consiga viver cada segundo por pelo menos uma hora.
Porém quando não correspondido, o fim de tudo eh o fim de fato ... Pois eh possível sentir que em um milésimo de segundo o chão se abrir e ouvir o som e sentir a dor excruciante da alma se rasgando. Quem fala de coração partido ainda que imagine que sim, nunca foi tocado de fato pelo amor, pois quando há um rompimento do laço criado entre essas almas... Os olhos perdem o brilho o corpo perde o apetite de comer e e viver.. as lágrimas não são capazes de expressar o grito de dor para a tortura que o espírito foi submetido.
e nunca mais esse ser se esquece do toque transcendental do amor e nem dá tortura ao despedaçar a alma.
Há quem diga que o tempo cicatriza as feridas.. mas não há feridas.. há uma alma desmembrada em nano partículas dilacerado por um sentimento que outrora era bom, permitindo que somente a volta desse amor possa vir a restaurar.
 E mesmo com o advento dos anos e o advindo de novos afetos.. ainda assim, absolutamente nada será capaz de substituir ou de fazer sucumbir esse amor que sempre estará cravado nessa alma impotente e frágil. mesmo que sendo um sentimento enclausurado, escondido pelos anos e mesmo que sendo uma alma que já se adaptou a sofrer diariamente essa dor.. Esse amor escondido, existe ainda com tamanha intensidade e um força vivaz dentro do ser e jamais terá o valor de sua chama diminuído.
E essa alma se acostuma com esse sofrimento, mesmo a cada dia, mesmo passado se anos, décadas, mesmo vivendo outra história com outro alguém.. essa alma anseia ardentemente, desesperadamente novamente o toque, o afeto e o amor, da pessoa amada.
Não adianta tentar esquecer... Não adianta tentar fugir.. você eh o masoquista auto destrutivo  que na parte mais profunda do ser sempre vai lembrar e ansiar pelo toque do mesmo ser que te rejeitou e que tentou se arrancar a força de dentro de você. O amor é um sentimento que está fora da compreensão humana.
-Nossa! Mas isso realmente aconteceu?
Claro que não! 1º de Abril 

Fonte da imagem: https://serurbano.files.wordpress.com/2010/03/tempo-ciclico.jpg

31 comentários:

  1. kkkkkkkkkk, bela ficção então hihih, mas fato que o amor não e algo que se explicar ... mas acredito que é algo que se escolhe sim ... beijinhos parabéns pelo texto.

    Blog Delírio I Instagram I Youtube I Fan Page

    ResponderExcluir
  2. O amor é algo bem complicado. Ainda bem que no momento estou sendo muito bem correspondida, mas antigamente eu não era, e era uma dor horrível. Mas ainda bem que essa história não aconteceu haha. Adorei. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. O amor, ah o amor...
    Uma palavra tao pequena, mas com o significado tao grande, né ? E tão complexo, a gente as vezes até tenta entender ou explicar o significado de amar, mas não conseguimos, por que amor não se explica, se vive e se sente !adorei o texto, me fez refletir <3

    ResponderExcluir
  4. Ate antes do final eu concordo com o texto, pois eu já passei algo parecido, mas que bom que não aconteceu com vc! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas amar é bom e quando o mesmo é correspondido isso se torna algo perfeito!

    Belo texto de 1º de abril. hahahahhaha :P

    ResponderExcluir
  5. o amor é um sentimento impossível de descrever mais fácil senti-lo ou complicado depende de quem o senti, bela sua ficção, gostei continue assim escrevendo belas historias!!! sucesso

    ResponderExcluir
  6. Sobre o tempo cicatrizar feridas, nunca concordei com essa frase rs
    Feliz primeiro de abril kkk

    ResponderExcluir
  7. O amor é sempre complicado �� pode não ter acontecido como na história mas não deixa de ser verdade rs

    ResponderExcluir
  8. O amor é algo dificil de descrever. Existem várias formas de amar, e é um sentimento muito bom. Eu acredito sim, nas borboletas no estomago, aquele friozinho na barriga quando esta perto da pessoa amada... É uma coisa gostosa de sentir, o amor verdadeiro não se escolhe ele simplesmente acontece... Bjaooo flor

    ResponderExcluir
  9. Esse é o tal do amor com sabor de fruta mordida, que traz paz, que faz bem, que traz entusiasmo e alegria, sem medo, sem ansiedade, sem insegurança.É assim que eu me sinto com os milhares sintomas de amor que eu sinto, não só de homem ou mulher, fraternal toda forma de amor e válida... mil beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Nossa, como seria bom se não tivesse acontecido né? Mas infelizmente, acontecem todos os dias. Nunca tive o coração partido, mas acredito que deva ser uma dor sem explicação. Aquela história né, o amor pode curar ou não, mas não temos como prever.
    Adorei o texto!
    Abraços!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. esse tal de amor é um assunto meio polêmico, pq o amor é uma energia muito forte e nos fortalece, nos dá animo de viver, de realizar e por ser tão forte quando somos traídos, ou não retribuídos com tal amor, ou até mesmo a falta dele nos é tão prejudicial que algumas pessoas até preferem deixar de viver. essa é minha vis~~ao sobre o tema.
    bjs
    www.dobbyapresenta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Adorei! Amor e desilusão fazem parte da vida e assim aprendemos e ficamos mais fortes! Mesmo que sendo ficção, seu texto é ótimo! Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Gostei imenso do teu texto! O amor vem de mão dada com todas as mágoas e sofrimentos que dele advêm... Mas é tão bom amar e ser amado <3

    Beijinhos,
    Mii
    Comic Life Blog

    ResponderExcluir
  14. O amor é algo contraditório. Tem dias que querermos e em outros nem ligamos tanto. Gostei do título porque faz todo sentido pra muitas pessoas que sente o amor por sentir.

    ResponderExcluir
  15. Primeiro de Abril? Como assim? Quem nunca, haha!

    Já fui vítima e algoz de umas desilusões de amor - poucas, não tenho talento p/ Dom Juan - que obviamente não expor nesse comentário.

    O amor é um sentimento fdp mesmo, hehe. A gente busca, persegue, se mata por ele e depois se acostuma como se fosse o sentimento mais banal do mundo, rs.

    Adorei o texto, Thaís.

    ResponderExcluir
  16. Oi Thata, tudo bem?

    O amor é realmente algo muito complicado, seja para sentir ou para descrever. Hoje mesmo estava escrevendo um texto e me questionando se o amor existe, se tudo isso que as pessoas dizem sentir existe.
    Confesso que já ia questionar você ao ler o texto, mas vi que no final era apenas uma pegadinha, assim como o amor!
    Adorei o texto!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. oiee, parabéns pelo texto, com bastante humor mas tratando de um assunto que as pessoas tem banalizado ultimamente...

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Olá! Adorei o texto! Foi uma leitura super leve e bem humorada. O amor é algo bem complexo, mas que a gente tenta entender um pouco mais com textos como o seu. Muito sucesso para você! Beijos

    ResponderExcluir
  19. Eu encontrei o amor, e foram os melhores três meses da minha vida. O grande problema foi quando ela foi embora. Ainda me lembro das suas manias, do seu cheiro e do seus olhos. Queria poder congelar aquele momento para sempre. Mas percebi que apesar de ama-la, ela não me fazia tão bem quanto eu pensava.

    Excelente texto.

    ResponderExcluir
  20. Meu ! Achei muito boa a sua ideia hahahahaha
    E de fato, apesar de não ter acontecido com você, muitas pessoas passam por isso né ?! (Eu inclusive me identifiquei um pouco)
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. adorei o primeiro de abril hahaha mas o pior é que isso acontece com tanta gente e tanta gente se sente assim. o amor as vezes dilacera a gente mesmo. nao tem sentimento mais bonito e mais arrebatador que este. que todos permitam amar e ser amados, sem primeiro de abril rsrsrs

    ResponderExcluir
  22. A o amor,nao tem explicação mesmo,só sentindo suas alegrias e dores pra dizer em algumas linhas,lindo texto

    ResponderExcluir
  23. Amar é assim, alegrias e tristezas mais oq seria de nós sem ele?
    Parabéns pelo texto.
    Bjs e sucesso!!!!!

    ResponderExcluir
  24. Lindo texto altos e baixos, falar de amor é muito bom viver o amor é surreal!
    Sucesso bjss

    ResponderExcluir
  25. fora total da compreensão humana...disse tudo. Adorei esse texto.. você sabe como contar uma história

    ResponderExcluir
  26. Amei o texto haha o amor é algo inexplicável, apesar de tudo não vivemos sem ele. Parabéns pelo post, sucesso!

    ResponderExcluir
  27. Olha as pegadinhas ehuehue o amor é algo intenso que todos nessa vida sentem, cabe a você saber lidar...

    ResponderExcluir
  28. Que legal o texto, tipo tava na maior vibe e de repente 1 de abril hahahhaha Adorei !!

    Os Papos Femininos

    ResponderExcluir
  29. Que texto forte e com presença mesmo falando de amor é um texto que traz marcas e faz voltar no tempo em nossas vidas e relembrar algumas alegrias e/ou dor. Gostei demais deste trecho "...pois quando há um rompimento do laço criado entre essas almas... " Beijos

    ResponderExcluir
  30. Adorei seu texto hahahaha.
    Primeiro de abril total :P
    Mas ainda assim cheio de verdades, pois o amor é algo intenso que fica sempre marcado em nossas almas, sejam as experiencias boas ou as ruins, e é algo fora da compreensão humana mesmo

    ResponderExcluir